Filme: Meu Malvado Favorito

Um vilão ou um mocinho?

Atualmente, muitos filmes de animação são produzidos por ano, mas poucos apresentam um roteiro realmente bom. O gênero tem feito cada vez mais sucesso com o público, mas a maioria dos filmes atuais somente se destaca pelas excelentes direções de arte, que garantem um grande apelo estético, mas não conseguem prender pela história.

Claro que podemos destacar exceções como “Up – Altas Aventuras”, “Mary and Max” e outros mais antigos como “Toy Story” e “Monstros S.A”. Porém, são poucos os desenhos atuais que realmente me chamam atenção. Para minha surpresa, o filme “Meu Malvado Favorito” (“Despicable Me”, no original) também pode se encaixar no quadro das exceções.

A história gira em torno de Gru (Steve Carell). Ele é considerado o maior vilão do momento, mas tem seu posto abalado por um adolescente novato chamado Vetor (Jason Segel), que rouba uma das pirâmides do Egito e coloca uma réplica perfeita no lugar. Para recuperar o topo, Gru planeja roubar a lua e acaba adotando três meninas órfãs para que elas possam ajudá-lo em seu plano. O problema é que as meninas acabam vendo nele a figura de um pai, o que faz com que começe a rever seus conceitos e ficar em dúvida se deve seguir em frente com suas malvadezas.

Um dos pontos interessantes do roteiro é o protagonista ser um vilão. Claro que em todas as histórias existe um vilão, mas nesse caso é ele o personagem principal e não apenas o cara mal da história que atrapalha o mocinho. É ele que nós acompanhamos ao longo do filme todo. E esse fato se torna ainda mais interessante se observarmos que os vilões estão cada vez mais adorados pelo público.

Mas Gru não é essencialmente um homem mal. Suas atitudes soam mais como pirraças e implicâncias infantis do que ações realmente cruéis, como quando estourou um balão de um garotinho ou furou a fila de um café usando um raio congelante. Além disso, ele conta com a ajuda de pequenas criaturas amarelas chamadas de Minions que são bastante engraçadas e com ar inocente igual de uma criança. E, ao longo do filme, percebemos que todas essas atitudes são frutos de traumas de infância e da estranha relação que ele tinha com sua mãe.

Já a chegada das três garotinhas, que são contempladas com doses extras de fofura – especialmente a mais nova, Agnes -, representa uma mudança na vida do vilão. Inicialmente Gru as adotou apenas para que elas o ajudassem a entrar na casa de Vetor, pois elas vendiam biscoitos que o rival do protagonista adorava. Depois, a falta de paciência com as pequenas meninas se transformou em um grande carinho e a chance de sentir o que é ter uma família de verdade.

O ponto forte da animação é tratar de temas fortes como adoção e a falta de atenção de alguns pais com seus filhos de uma forma suave. Quantas crianças adotadas não passam por problemas com a nova família? E quantas não conseguem se quer serem adotadas? E também tem aquelas que não foram abandonadas, mas não recebem carinho dos próprios pais. Quais são as consequências disso para o futuro delas? Tudo isso é exposto no filme de uma forma muito sensível.

Além do cunho dramático, o filme também não deixa de ser cômico e utiliza um humor bastante refinado com piadas muito bem construídas, seja nos diálogos ou nos jogos de cena.

Na parte técnica, não podemos deixar de destacar a excelente direção de arte e a fotografia. Mas outra coisa que chama bastante atenção é a trilha sonora. Além das músicas compostas especialmente para o filme serem excelentes, também estão na lista outras mais famosas como “Sweet Home Alabama” de Lynyrd Skynyrd, “You Should Be Dancing” dos Bee Gees e até a clássica “Garota de Ipanema” de Vinícius de Moraes e Tom Jobim.

Os dubladores brasileiros também merecem destaque. Os famosos comediantes Leandro Hassum, na pele de Gru, e Marcius Melhem, na pele de Vetor, parecem que nasceram para dublar e captaram perfeitamente a essência dos personagens. Especialmente Hassum, que utilizou um sotaque meio estrangeiro para o vilão, assim como o dublador original Steve Carrell.

Meu Malvado Favorito” é uma esperança para o futuro dos filmes de animação, mostrando que eles podem voltar a ter qualidade, tanto esteticamente, quanto no conteúdo. É um filme divertido e que aborda temas delicados com muita sensibilidade. Além disso, mostra principalmente como a pureza das crianças pode transformar vidas.

Ficha Técnica:
Título original:
Despicable Me
Duração: 92 Minutos
Gênero: Animação
País/Ano: EUA/2010
Direção: Pierre Coffin, Chris Renaud, Sergio Pablos
Roteiro: Ken Daurio, Cinco Paul
Elenco: Vozes no original de Jason Segel, Russel Brand, Steve Carrel, Kristen Wiig, Miranda Cosgrove, Ken Jeong, Julie Andrews, Jemaine Clement
Vozes em português: Leandro Hassum (Gru), Marcius Melhem (Vetor)

  1. Eu amooooo Meu Malvado Favorito!! Gosto de filmes que passam uma msg legal e esse mostra o qto bons sentimentos estão em todos os corações!!! É com certeza um dos meus filmes de animação favoritos!!! Adorei a resenha, bjnhos Pri

    PRI E OS LIVROS

    [Responder]

  2. Natália disse:

    Essa Agnes é apaixonante! Sempre achei a parte do “É TÃO FOFINHO!!!!!” um amor, não sei porque nunca vi esse filme. Sua resenha me animou de novo e darei uma chance.

    Você é ótima na crítica de filmes, adoro teus posts.

    Beijão!
    http://www.vireapagina.com

    [Responder]

  3. Victoria eliza disse:

    Aaaah eu vi esse filme no cinema e AMEI é mt mt fofo. Adorei a critica ficou muito boa , me deu vontade de ver de novo!!

    beijoooos

    [Responder]

  4. Juh Sutti disse:

    Oi Mari!
    Eu adoro essa animação, uma das minhas preferidas. Acho super interessante abordar uma tema tão importante como adoção, de uma forma leve e divertida.
    As três garotinhas são demais, morro de amores por elas!

    Beijos ;)
    Livros e blablablá

    [Responder]

  5. Inara disse:

    Ei, Mariana! Eu assisti esse filme a um tempinho e não teve como não se apaixonar. O planos do Gru são um barato e as meninas são uma graça!
    Adorei!

    Um beijo!
    Inara | http://lerdormircomer.blogspot.com.br/

    [Responder]

  6. Ultimamente eu não andava dando amuito valor as animações mais ao assistir MMF, senti algo que não sentia há muito… TERNURA!

    [Responder]

  7. Claudia disse:

    Realmente esse filme é uma boa surpresa, já assisti várias vezes com minha filha, e já colocamos a família e amigos pra assistirem também, o filme é engraçado, emocionante e leva a algumas reflexões sobre relacionamentos.

    [Responder]

  8. Letícia disse:

    Esse filme é muito muito muito gracinha!
    Sou apaixonada por ele hahah

    [Responder]

  9. Oiie,

    Adoro este filme, é realmente muito fofo e tem uma mensagem muito bonita. Concordo com você que algumas animações foram feitas só por fazer,mas,tenho de destacar Megamente e Como Treinar o Seu Dragão como filmes que realmente valem a pena. Inclusie, Megamente também tem como protagonista um vilão é super divertido e muito bem feito.

    Beijos

    Amigas entre Livros

    [Responder]

  10. Esse filme é muito fofo *-*
    Assisti no cinema, mais ou menos uma semana depois que foi lançado. Fui com meu primo, mas sem muita esperança de ser bom! Me surpreendi totalmente!
    É uma história engraçada, e que ensina que as pessoas podem sim mudar!

    xoxo, Isa ;*

    [Responder]

  11. Amo tanto esse filme … “it’s so fluffy” … já faz parte do meu cotidiando, rs, adoro frase e amo a garotinha!

    Otima recomendação de filme! =)

    Beijokas

    Mari – @oblogdamari

    [Responder]

  12. Uma das minhas animações prediletas, vi diversas vezes.

    [Responder]

  13. Marta Ribeiro disse:

    Eu também me apaixonei por esse filme ,é muito fofo,assisto até hoje com meu filho,bjs.

    [Responder]

  14. Horlanda Barbara disse:

    Olá!
    Nunca vi ele, acredita?
    Sempre ta passando na TV, mas nunca me interessei. Mas, depois dessa resenha eu vou assistir. Parece ser tão legal. E Nemo? Não é uma exceção não? :(
    Hahaha.
    Beeijo ;*

    [Responder]

  15. Thainá disse:

    O melhor filme de animação, mo demais vejo quase todo dia kkk já sei até as falas. Estava vendo ontem.

    [Responder]

  16. Babi Lorentz disse:

    Eu estou maluca pra assistir este filme desde que soube do lançamento dele. Infelizmente, nunca me ligo muito em filmes e isso faz com que eu perca ótimas oportunidade para assistir filmes muito bons.
    Mas sou fã de animações, realmente fui conquistada por esse tipo de filme.
    Beijão!

    [Responder]

  17. Flávia Almeida disse:

    Esse filme é muitoooooo fofo ! Me arrependi de não tê-lo assistido antes. Tirando toda a parte divertida e engraçadinha, nunca tinha parado para pensar nesse tema da adoção que o filme retrata. É um assunto sério e delicado que é mostrado de uma forma legal e suave.
    Muito bom mesmo !
    Parabéns pela resenha, Mariana (:
    Beijos !

    [Responder]

  18. Glauber disse:

    Esse filme é super legal e com a sua resenha é melhor ainda!

    paranoiadasideias.blogspot.com

    [Responder]

  19. João Akio disse:

    Já assisti várias vezes e não me canso, é realmente muito bom! “Ele é muito fofo!” – Agnes

    [Responder]

  20. Este filme é uma graça, adoro, e não só eu como meus filhos também. O final com ele dançando é ótimo.
    Bjs, Rose.

    [Responder]

  21. Geisiane disse:

    Esse filme é lindo! kkk’
    adoro vilões
    beijos

    [Responder]

  22. Philip Rangel disse:

    OoOo ainda quero muito assistir esse filme, com a faculdade e os livros tenho me afastado um pouco em um bom filme e seriados, mas pretendo voltar logo…. esse filme é desenho e sou fã deles, quero muito assistir……

    bjos

    Philip Rangel
    Entrando Numa Fria

    [Responder]

  23. Janine Maia disse:

    Muito boa resenha. Gosto muito desse filme mas não chega a ser um favorito. Up – Altas Aventuras é o meu favorito *-*
    A Agnes é muito fofa mesmo “jura juradinho?” hahahaha
    Tem um curta sobre os Minions chamado Banana, também gosto bastante :D
    Beijos

    [Responder]

  24. Helena disse:

    Parece ser uma graçaaaaaaaaa *-*

    [Responder]

  25. Aline santos disse:

    AAAAAAAAWN eu AMO esse filme acho que assisti umas 20 vezes HASUAHSUH , me tras lembranças muito boas !

    [Responder]

  26. Wise Friends disse:

    Eu simplesmente AMO esse filme. DEMAIS DEMAIS DEMAIS DEMAIS *-* A melhor parte dele são os Minions. Muito fofos, gente.

    Bjs ;*

    wisefriends.blogspot.com

    [Responder]

  27. Quequel disse:

    Olá !!
    Essa animação é um máximo… eu adorei qnd assisti !!
    É tão fofo! rs

    Bjinssssssssss

    [Responder]

  28. Paty Algayer disse:

    Oi Mari!!
    Já assisti a este filme e adorei, realmente dá um fôlego pras animações de ultimamente, que andam com umas histórias rasas demais! E a questão de o personagem principal ser um vilão ficou bem interessante mesmo, primeira ver que assisto um filme com essa característica…
    Bjus!!

    [Responder]

  29. Rafaela. disse:

    Eu a-do-ro Meu Malvado Favorito! <3
    Ele me fez voltar a gostar de animações. Concordo com você, atualmente muitas animãções são produzidas, mas poucas tem um roteiro realmente bom, bacana, divertido, instrutivo.

    Adorei a resenha, Mariana! =)
    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    [Responder]

  30. Dalila disse:

    Esse filme é SENSACIONAL!
    Quantas vezes passar, quantas vezes eu assisto.

    Tem uma cena (que acho que é a que eu mais dei risada), que ele vai explicando como vai roubar a lua e vai passando uns desenhos: “Eu vôo até lua, eu encolho a lua, eu pego a lua, (e aparece um desenho que as meninas fizeram de ele na privada) eu sento no vaso sanitário… OI?”.

    E os Minions? Deveria ter um filme só deles!

    Mal posso esperar pelo segundo filme!!

    [Responder]

  31. Nane Safons disse:

    ~~ ELE É TÃÃÃO FOFINHO! ~by Agnes!
    HSAUHSUAHS
    Adoro muito esse filme!
    Além de ser divertidíssimo, ele abrange a história da adoção. Super importante! Mostrando como as crianças se sentem sendo órfãs. (A mulher coloca elas em uma caixa!!)
    Bom, é uma das minhas animações preferidas!

    [Responder]

  32. Lara Lopes disse:

    Sou completamente apaixonada por esse filme! Acho lindo o modo como três garotinhas podem mudar a vida de alguém. Adoro a Agnes e seu jeito fofinho de ser! :)

    [Responder]

  33. Caroline Mendes disse:

    Esse filme é sensacional!
    Ultimamente as animações não estão vindo muito boas mesmo não, mas estavam dizendo tantas coisas boas sobre o filme que resolvi dar uma chance. E não me arrependi!
    É um filme que todos deveriam assistir.

    [Responder]

  34. Crislane Barbosa disse:

    Oi!
    Filme super fofo!
    O Gru contando historinhas! *.*
    Meu namoro se divertiu mais que eu com esse filme.

    Bjus…

    [Responder]

  35. Line Blue disse:

    AAAAh eu adoro esse desenho é muito fofo e lindo…
    e eu acho que o Gru tem algumas semelhanças o meu tio kkk’
    mais é lindo esse desenho amo de paixão..
    e sua resenha ficou ótima..

    [Responder]

  36. Aline disse:

    *-* eu amo esse desenho, dou muita risada com ele toda vez que assisto, e o Gru me lembra muito o meu tio *–*

    [Responder]

  37. Olívia disse:

    Amo demais esse filme!
    Fazia tempo que não ria tanto com um filme infantil, adorei a resenha, e a imagem do video é a parte do filme que mais gosto! “Ele é tão fofinhooo!” Achei muito boa a produção, os gráficos, os personagens, e a modernização dos personagens, tanto no fime 1 quanto no filme 2!

    [Responder]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Application Error