Resenha: O Lado Bom da Vida

O Lado Bom da Vida
O Lado Bom da Vida
de Matthew Quick,
editora Intrínseca.

Pat Peoples passou os últimos tempos (Dias? Meses? Anos?) internado em uma clínica psiquiátrica e, agora que saiu, seu objetivo principal é acabar com o “tempo separados” que sua esposa Nikki pediu.

Morando com os pais, Pat continua seguindo com firmeza uma nova filosofia que adotou enquanto estava no “lugar ruim”: ser gentil e fazer o máximo de exercícios possível ao longo do dia. Tudo, claro, parte de seu objetivo maior de voltar para Nikki.

Enquanto tenta se readaptar a uma vida “normal”, o ex-professor precisa lidar com a mãe gentil, mas muito protetora, com o pai que o ignora solenemente, com um irmão amoroso e com um melhor amigo bacana, mas ligeiramente culpado. E todos parecem detestar sua esposa.

E é justamente esse amigo, Ronnie, que o recebe para jantar junto com filha pequena, a esposa e sua irmã igualmente problemática, Tiffany. E é esse fato, logo no início, que serve de base para o desenvolvimento da história, já que passamos a acompanhar não só Pat em sua busca apaixonada pela reconciliação com Nikki, mas também sua amizade um tanto esquisita com Tiffany e suas consultas com o novo terapeuta, Dr. Cliff Patel – pré-requisito para manter-se fora do “lugar ruim”.

Gostaria de detalhar mais a história, mas poderia acabar estragando alguns detalhes do enredo. Pat Peoples é um cara que passou por problemas, mas loucamente apaixonado pela esposa, com quem quer voltar a viver o mais breve possível. Só que Pat também é um cara com problemas, e por isso deixa de enxergar coisas que são óbvias para todos.

A narrativa, em primeira pessoa, soa quase boba, mas é perfeita para Pat. Seus pensamentos e ações são mais ingênuos depois da temporada na clínica, e isso transparece ao longo de toda a narração. E acho que justamente por essa inocência é que torna-se envolvente.

Tiffany é uma doidinha muito decidida e cativante, mesmo que às vezes pareça apenas irritante e ultrapasse alguns limites. Jake é um irmão amoroso tentando compensar a culpa e ausência da melhor maneira que pode – e conseguindo. Cliff é um psiquiatra fora dos padrões comuns, mas realmente faz a diferença. Não é um livro repleto de personagens complexos, mas cada um acrescenta alguma coisa à história.

Outro ponto de destaque – e união – é o futebol americano. O amor de Pat, seu pai, seu irmão, seus amigos e seu médico pelos Eagles é hilariante quase contagiante, especialmente quando fazem a dancinha do time. Só conseguia imaginar um bando de homens fazendo movimentos à la WMCA cheerleaders!

Honestamente falando, não é o melhor livro que li na vida, mas achei bacana. Por ser leve, de leitura rápida e gostosa, com uma história instigante (PRECISAVA descobrir o mistério em torno de Kenny G!), recomendo com tranquilidade. É o tipo de romance do dia a dia, com situações que poderiam estar acontecendo na casa ao lado, e que justamente por isso me ganhou.

Agora, depois de conhecer a história de Pat Peoples, estou doida para ver o filme, apesar de ainda não estar convencida que a Jennifer Lawrence tem a cara da Tiffany. Vamos ver, espero gostar tanto quanto da leitura! :)

  1. Gabriel Costa disse:

    Gosto bastante da Jennifer Lawrence e fiquei curioso pra ver o filme, que eu nem sabia que era inspirado em um livro! Pela resenha, acho que ele nem termina voltando pra esposa… Acho que vou ter que ler pra tirar minhas dúvidas! :)

    [Responder]

  2. Rayme disse:

    não tenho muita vontade de ler o livro, mas quero muito ver o filme!
    acho a capa tão fofa *-*

    [Responder]

  3. disse:

    Adorei a resenha e fiquei S-U-P-E-R curiosa para ler. Sou fã de histórias simples que podem se encaixar no nosso dia-a-dia. Tenho a impressão de que ler esse tipo de gênero literário faz com que eu me sinta completamente “dentro” da história, justamente por podermos colocar algumas situações em nossas rotinas.
    Com certeza esse vai ser um dos meus desejos de 2013. *–*

    [Responder]

  4. Lereia o livro só pelas características dos personagens, rsrs…Adoro histórias que abordam o comum e o desenvolver o humano. Fiquei curiosa de ver o filme!

    Beijos!! :))

    [Responder]

  5. Adorei, estou louca pra ler, adoro leituras rápidas e instigantes…rs

    beijos
    Ida
    http://livrosumvicio.blogspot.com.br

    [Responder]

  6. Amanda Viana disse:

    Ainda não tinha me interessado por esse livro, mas depois da sua resenha o personagem do Pat me ganhou, assim como adoro quando tem uma personagem doidinha pra deixar a história mais engraçada. Porque pelo que eu percebi, esse será o contraponto com a situação delicada que o livro abordará, envolvendo uma clínica e um psiquiatra.

    [Responder]

  7. Cintia Daflon disse:

    Gostei da capa, ficou bem legal, mas não me interessou muito a leitura. Acho que minha cabeça já está meio lotada de opções (risos) para próxima leitura.

    Cinti.

    [Responder]

  8. alice aguiar disse:

    cara eu nao sei se leria o livro. acho que não é tão emocionanete assim pra mim, mas nunca se sabe uma leitura tranquila pode valer a pena né.

    [Responder]

  9. Desde quando descobri que o filme O Lado Bom da Vida era adaptação de um livro(e tinha a Jen Law no elenco),eu fiquei LOUCA pra lê-lo!E pelo que li em sua resenha,Juh não irei me arrepender!!!Aguardo ansiosa pelo lançamento para poder desfrutar da leitura,e logo após conferir o filme! :)
    Bjs

    [Responder]

  10. Bianca Alves disse:

    Já queria ver ler o livro, quando você o citou no video, agora estou mais ansiosa ainda!! espero conseguir ler antes do filme ser lançado! haha’

    [Responder]

  11. Oi Juh =D
    ótima resenha!
    Desde que você mostrou a prova desse livro em um vídeo (a memória não está me permitindo lembrar qual) eu fiquei com vontade de lê-lo, agora mais ainda… Acabou de entrar para a minha, nem tão pequena, lista de desejados.
    Acho que vou gostar da história principalmente por ser algo leve, amo leituras desse tipo, depois de ler alguma coisa mais pesada é melhor ainda. E também porque eu acho que nunca li um livro com essa temática tão “doidinha” hahaha
    Ah e estou louca para ver o filme! *-*
    Beijos!

    [Responder]

  12. Karen Vasconcelos disse:

    Oii Juh
    Não sabia nem do livro nem do filme, rs, mas depois do que vc disse na caixa de correio (97, acho) fiquei mto curiosa, mas a resenha me surpreendeu pelo teor do livro, não era exatamente oq eu esperava, ainda que de uma forma positiva. Fiquei com vontade de ler o livro, mas há outras prioridades no momento mimimi
    bjokas

    [Responder]

  13. Luana Machado disse:

    Faça uma leitora feliz postando uma resenha maravilhosa dessa! rs
    Amei sua resenha Juh, quero ler esse livro antes de ver o filme também! Parece o tipo de história que eu gosto de ler. Beeeijos :D

    [Responder]

  14. Mariana Borges disse:

    Eu descobri o livro assistindo ao trailer do filme, no começo não sabia que era baseado num livro logo depois eu vi a novo conceito fazendo propaganda e fiquei super ansiosa para ler. Adoro essa capa, e só com o trailer me diverti bastante. Realmente parece ser algo bem leve e divertido, e sai um pouco da rotina dos assuntos sobrenaturais e distópicos. Obrigada pela resenha, beeijos!!

    [Responder]

    Juh Oliveto

    Oi Mariana!
    Só uma correção: o livro é da Intrínseca! ;)
    Beijocas!

    [Responder]

  15. Carol Barboza disse:

    Nossa, já estava de olho nesse livro e a resenha só aumentou minha curiosidade… Vai para a minha lista, com certeza! hehe
    Adorei a resenha e tô sempre dando uma olhadinha aqui :)
    Beijo, tenha uma boa noite
     Just Carol

    [Responder]

  16. Karlinha disse:

    Ju, adorei a resenha. Poxa, estou bem curiosa para ler esse livro. Bjokas

    [Responder]

  17. GISELE disse:

    com essa resenha… fiquei com vontade de ler o livro.

    [Responder]

  18. Júlia disse:

    Querida Ju, adorei a sua resenha. Não tinha ideia do quê se tratava esse livro, mas gostei do que você me falou. Espero poder ler esse livro em breve.

    Beijos, Júlia
    Declarações de Inverno

    [Responder]

  19. Lucy disse:

    Oi, Ju!
    Adquiri recentemente esse livro e comecei a ler hj. A narrativa do Pat é bem do jeito que vc falou. Ele parece tão ingênuo que acaba nos envolvendo. Gostei da sua resenha, foi muito positiva!
    bjos

    [Responder]

  20. Trinta. disse:

    Ler essa resenha e pensar que o filme desse livro ganhou OITO indicações ao Oscar me faz perguntar: O que tem de especial nessa história? Pelo que você falou, é um livro bem rotineiro, bacana mas nada demais. Não sei se me arrisco a comprar o livro… Vou ver o filme primeiro, é melhor (Afinal, adoro a Lawrence).

    [Responder]

  21. Nossa estou com uma vontade imensa de ler este livro, espero ter a oportunidade de lê-lo o mais breve possível. Gostei bastante da resenha, sucesso.

    Devaneios e Livros
    http://devaneioselivros.blogspot.com

    [Responder]

  22. Suzana disse:

    Eu acabei de assistir o filme que baixei. E posso dizer, que o filme é muito bom, achei os personagens apaixonantes, não o considero uma comédia de dar gargalhadas, mas, gosto de sentir o que há de humano nos personagens em uma história. Fora que me identifiquei bastante, pois, o filme conta sobre a mesma doença que Pat e Tiffany tem.

    [Responder]

  23. Clara disse:

    Putz, preciso comprar esse livro. Parece otimo e quero ler antes de ver o filme. Parabéns pela resenha ju!!!

    [Responder]

  24. Deyse disse:

    Eu vi o trailer do filme, mas parecia ser algo envolvido com dança e achei que era o foco principal, pela resenha não parece ser o principal. Quero muito ler o livro e o filme!! Acho que o filme não vai decepcionar porque gosto muito dos atores.
    Beijos

    [Responder]

  25. Mariane disse:

    Oi Juh,
    Eu estou ansiosíssima em ler esse livro!!!!!!!!!!
    Parabéns pela resenha!
    Bjos

    [Responder]

  26. Silvia disse:

    Oi Juh,
    Venho aqui, após fechar o livro, para dizer: Odiei este livro.
    Juh você fez uma resenha tomando todo cuidado para não dar spoiler e o autor dá SPOILER de vários clássicos. Ele conta tudo o que acontecerá com finais inclusive! Poxa, alguns deles eu já li, graças a Deus, como o Grande Gatsby que ele conta TUDO. Pra quem não leu esses livros, ele matará uma futura leitura. Isso me deixou muito irritada.
    A história não me cativou, sua escrita não me convenceu. Sinceramente, o filme tem que ser muito bom pra que eu consiga assistir depois de tudo que estou sentindo… Decepção!!!!

    [Responder]

  27. Jéssica disse:

    Não estou instigada para lê-lo, talvez assistindo o filme desperte a minha curiosidade, mas, diante mão, acho que seria uma leitura agradável.

    [Responder]

  28. Matheus disse:

    Eu leio e ouço falar sobre esse livro desde que você fez um vídeo com uma versão “encadernada” dele… se eu não me engano você chamou de “prova” ou algo assim… Enfim, parece ser um livro muito bom. Eu vou assistir primeiro o filme, e, caso eu goste, eu compro o livro.

    Adorei a resenha. :)

    Beijos,
    http://www.a-song-of-fire.blogspot.com.br

    [Responder]

  29. João Felipe disse:

    O filme é muito bom, agora to curioso pra ler o livro!
    obs: minha irmã adorou o nome do blog kkk

    [Responder]

  30. Natalia Ribeiro disse:

    Ju…
    Terminei de ler o livro agora a pouco! Obrigada pela indicação! Eu realmente adorei!
    Sobre sua resenha, estou sem palavras! Você escreve muito bem… De verdade!!! Fico impressionada como você consegue colocar em poucas palavras a essência do livro! Ah, e sem spoilers! rs =)
    Amanhã vou assistir ao filme! Vamos ver se é tão legal quanto o livro, né?!
    Beijos e parabéns pelo blog!
    Nati.

    [Responder]

  31. VANESSA QUEIROS disse:

    Assisti o filme e me surpreendi,porque o Pat é um personagem “normal” e o melhor que acredita no ” lado bom da vida” mesmo depois de passar por uma situação difícil,e sua vida sofre uma reviravolta quando conhece Tiffany.
    O livro ficou criativo com a capa do poster do livro

    [Responder]

  32. Crislane Barbosa disse:

    Oi!
    Comprei o livro pretendo ler em breve.
    Uma amiga assistiu ao filme e não gostou muito.
    Fiquei um pouco receosa. Espero gostar da história.

    Bjus…

    [Responder]

  33. Monique disse:

    adorei sua resenha me deixou com mais vontade de ler o livro !!! beijao juh

    [Responder]

  34. Lara Rodrigues disse:

    comprei este livro, estou louca pra ler e ver se aprovo a leitura!!! bjus

    [Responder]

  35. Luana disse:

    louca para leeer *_*

    [Responder]

  36. Erika Paiva disse:

    Já assisti o filme, e espero ler o livro pq o filme em si e é bom, mas sei la falta algo.

    [Responder]

  37. anna disse:

    Oi Juh!
    Gostei do livro e fiquei curiosa para assistir ao filme, de repente se eu tivesse esperado mais para assistir ao filme poderia ter gostado, mas com tudo fresquinho na cuca eu ñ gostei. A história sofre diversas mudanças em relação ao livro e achei os personagens meio caricaturados.
    bjus!
    reaprendendoaartedaleitura.blogspot.com/‎

    [Responder]

  38. jayne disse:

    Vou começar hoje a ler o livro, mas acabei assistindo o filme antes e espero que não me arrependa disso!O Pat parece um personagem super interssante, que luta para superar suas aflições. Sua resenha me animou, porque apesar de eu ter adorado o filme não me senti muito entusiasmasa para começar o livro urgente ou para assistir de novo..

    [Responder]

  39. Liliane de Souza disse:

    Esse foi um dos poucos livros que resolvi ler, depois de ter visto o filme. Gostei do livro, mas achei o filme mais interessante, só acredito que teria ficado melhor se no filme eles tivessem dançado a música que é descrita no livro. Acho que ficaria mais romântico.

    [Responder]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Powered by sweetCaptcha