Resenha: O Sentido de um Fim

O Sentido de Um Fim
O Sentido de um Fim
de Julian Barnes,
editora Rocco.

Rocco

“História é aquela certeza fabricada no instante em que as imperfeições da memória se encontram com as falhas de documentação”.

Essa frase está na quarta capa do livro e me chamou a atenção logo de cara. Fiquei muito tempo pensando nela e em seu significado, tentando ver se fazia sentido… E faz, totalmente. Em resumo, como o próprio protagonista sintetiza, “O que você acaba lembrando nem sempre é a mesma coisa que viu”.

Tony Webster é um aposentado na casa dos sessenta anos que mantém uma relação amigável com a ex-mulher, Margaret, e que, apesar do pouco convívio, ama a filha adulta que tem. Levando uma vida simples e sem fazer mal a ninguém, ele vê suas certezas caírem por terra quando uma carta chega às suas mãos.

O escritório de advocacia não faz apenas um comunicado de herança, mas abre as portas do passado e de suas memórias, virando tudo de cabeça para baixo e fazendo com que ele descubra que a memória não é essa coisa tão confiável e justa quanto podemos pensar.

Quando jovem, Tony tinha três grandes amigos: Alex, Colin e Adrian, um menino extremamente inteligente que apareceu por último no grupo e tornou-se o elo de união de todos tempos depois. Como todo adolescente, acreditavam que tinham a vida inteira pela frente, mas esqueceram que o que viviam já fazia parte de suas vidas.

Seus caminhos se separam depois da formatura, mas continuam comunicando-se por cartas e valorizando a amizade que sempre existiu entre eles. Tanto que, ao começar a namorar a recatada e inteligente Veronica, Tony decide apresentá-la aos amigos.

Mas o relacionamento não dá certo e ele questiona que tipo de mulher ela seria, especialmente pelo fato da própria mãe ter levantado suspeitas negativas sobre a filha. E a vida segue seu curso até o dia em que chega uma carta de Adrian dizendo que está saindo com Veronica e esperando uma espécie de benção.

Amargurado, Tony tem uma reação que só vai lhe voltar à mente muitos anos depois, por ocasião do recebimento da carta da firma de advocacia. Agora ele descobre que suas ações podem ter tido grandes consequências e que sua memória pode ter convenientemente ocultado muitas de suas atitudes.

Lindo, tocante, cheio de reflexões… O livro é sublime. Acompanhamos as redescobertas de um senhor sobre sua própria vida, seus erros e tentativas de consertar as coisas, mesmo sabendo que algumas não têm volta.

Tony é sensível e muito humano, comete erros que qualquer um de nós poderia cometer e é fiel com aquilo que acredita. Vê-lo desvendar sua própria história é super bacana e nos deixa completamente envolvidos.

Não consigo explicar como o livro me tocou. É maduro e trata de temas complexos – como a idade, a culpa e, principalmente, a memória – de forma brilhante, mas ao mesmo tempo leve e direta, o que fica ainda melhor se levarmos em conta a qualidade da escrita do autor.

Não é uma história de amor, mas de relacionamentos com um parceiro, com os amigos, conosco. Gostaria de conseguir explicar o que essa leitura me fez sentir, mas acredito que é muito uma questão de identificação. Estava no momento certo, com a cabeça certa, e pude aproveitar tudo o que Julian Barnes teve a oferecer.

Para quem está buscando uma leitura rápida, mas intensa, o livro é perfeito. Mal posso esperar para ter outras obras do autor nas mãos. Fui profundamente conquistada e virei fã. ;)

  1. Lizzie disse:

    Poxa Juh, desse jeito vou ter que deixar de ler o blog ou minha lista não vai parar de crescer!
    Fiquei curiosa com o título quando vi a Rocco anunciando, e essa capa linda também chamou muito a atenção, mas depois de ler sua resenha é que decidi que preciso dele haha
    Pena que ele vai ter que esperar até minha proibição de comparar mais livros passar T_T
    Beijoos, adorei a resenha!

    • Juh Oliveto disse:

      Lizzie,
      Queria muito conseguir explicar o quanto gostei e os motivos, mas é MUITO bom. Mesmo!
      E é super diferente dos dramas adolescentes/jovens adultos que acompanhamos.
      Comprei super baratinho, fica de olho nas promos quando puder voltar a comprar! ;)
      Beijocas!

  2. Luma Prazeres disse:

    Parece ser bem o meu tipo de livro. Só não entendi o que seria a quarta capa do livro. Querendo comprar com um “leve” desespero.

  3. Tatiane Rodrigues disse:

    Comprei esse livro por três motivos, o primeiro você disse em um dos vídeos que estava gostando da leitura , o segundo achei ele por dois reais no sebo e estava em ótimo estado o que é raridade por esse preço e o terceiro o nome desse livro chama muita atenção, me fez pensar na história sem nem saber o que havia dentro. As vezes é bom ler algo sem estar programado e estou adorando a narrativa do autor. E sua resenha sempre me deixando mais ávida pelo final da leitura.<3

    • Juh Oliveto disse:

      Tatiane,
      YEY! Fiquei SUPER feliz com seu comentário!
      Quando acabar você volta e me conta o que achou? :)
      Beijocas!

      • Tatiane Rodrigues disse:

        Estou aqui para dizer justamente isso. Eu gostei tanto que nem sei como dizer o quanto esse livro me tocou e o quanto a escrita do autor é envolvente, estou me perguntando se tirei a conclusão certa do desfecho da história, mesmo assim ele me fez pensar de maneira mais completa sobre a primeira impressões que temos quando conhecemos alguém, e quanto disso é real ou apenas imaginação. Estou muito feliz de ter comprado esse livro porque foi uma das melhores leituras do ano.

  4. Bianca Aguiar disse:

    A cada resenha que eu venho ler aqui no blog minha lista no skoob só aumenta! Meu Deus, é muito livro bom! Já vi você comentando sobre esse livro no vídeo aqui no blog, mas essa resenha me fez querer ler, agora estou curiosa! Conheci muitos livros bons aqui nas resenhas do blog! Estou louca pra ler Colin Fischer, Um Caso Perdido e agora O Sentido de um Fim também está na minha lista de livros desejados! Gostei da resenha, achei o enredo da história bem interessante, o modo como ele vai descobrindo suas próprias memórias e seu próprio passado deve transformar esse livro em uma daquelas histórias que se torna difícil esquecer!

    Parabéns pela resenha Juh e obrigado pela recomendação desse livro! Assim que tiver oportunidade, vou ler :)

  5. Rodrigo Cantanhede disse:

    Pela resenha, que por sinal está maravilhosa, o livro parece ser muito bom. Sem falar na capa, que me atraiu mesmo sendo simples. Como muitos outros, este livro acabou de entrar na minha lista. Espero conseguir comprá-lo logo, logo e curtir bastante sua leitura.

  6. Eveline Thalita disse:

    Oi Juh!

    Sua resenha dessa vez deixou um ar de mistério.
    A história parece ser muito boa e sensível. Uma leitura introspectiva, para fazer refletir sobre o tempo e as lembranças. Concordo que as nossas memórias não são as cópias fieis de um fato. Todas elas tem a nossa marca individual, nossas impressões e com ela vamos sendo guiados por nossas vidas. Apesar de amar romances, é bom variar o estilo. Anotada sugestão.

    Abraços

  7. Estela disse:

    Gostei muito da resenha e como estou nessa fase de repensar algumas coisas da vida e fazer mudanças, o livro serve perfeitamente, então vou ler, com certeza. Obrigada!

  8. Amanda Gomes disse:

    Estava esperando ansiosamente pela resenha desse livro, assim que você comentou sobre ele no vídeo tive que comprá-lo e imediatamente comecei ler, nunca pensei que um livro iria mexer tanto com as minhas emoções, a cada página o livro me tocava cada vez mais, com um enredo simples, nada de muito mirabolante e a narrativa perfeita do autor, sabia que iria me apaixonar assim que peguei em minhas mãos, é inexplicável a relação que criei com O Sentido de Fim. Sua resenha não poderia ter ficado melhor, e desejo que muitas pessoas leiam e sintam o que eu senti. Beijos!

  9. Nadja disse:

    Oi! Eu me interessei por esse livro desde o primeiro instante que você mostrou em um vídeo, acho que foi uma Tag, a capa é linda, essa cor amarelada deixou um charme. Pelo o que vi a leitura ultrapassou suas expectativas, me entusiasmou a lê-lo, quem sabe não será o próximo da minha estante?!
    Amei

  10. Thaís Libório disse:

    Quando vi no YouTube você mostrando esse livro eu achei ele lindo, o título maravilhoso mas achei que era um livro bem chatinho e que não faria o meu “estilo”. Provavelmente me enganei..

  11. Aline T.K.M. disse:

    Você disse a palavra exata: sublime. Esse livro também me tocou, não só pelo conteúdo, mas pela forma – a escrita do Barnes é bonita, não sei explicar. Já tinha gostado muito do autor ao ler Pulso, aí li O Sentido de Um Fim e já era, virei fã também. =)

    Beijos, Livro Lab

  12. Edu Moreira disse:

    Mais uma resenha linda, e que deixa uma pulga atrás da minha orelha. rsrsrsrs Espero conseguir ler esse livro em breve, e mais, espero poder me identificar tanto quanto você Juh, porque hà tempos não leio um livro que me deixe sem palavras para explicá-lo, como você ficou com esse.

    BEIJOS.

  13. Sintia disse:

    Oi!. Esse livro me chamou atenção assim que o mostrou naquele dia. O título não passa nenhuma ideia ao que vem a seguir, você entra na leitura completamente “limpo” e sem expectativas até porque não teve uma prévia, mas como eu gosto de ler resenhas antes de comprar um livro assim que vi que o resenhou vim correndo conferir, parece ser um livro cheio de emoções e o qual te marca para sempre. Tenho que lê-lo imediatamente.

  14. Ana disse:

    Nossa, tenho que deixar de frequentar o blog. Definitivamente. Estou ficando pobre aqui… você solenemente prometeu que não ia fazer nada de bom,mas agora o malfeito já foi feito e mais um livro foi pra minha lista!

  15. Giovanna disse:

    Pensei totalmente ao contrário sobre esse livro… Mas depois de sua resenha, percebi que eu realmente me enganei! Amo o seu blog…. Beijinhos Gi
    http://ovirusdaspalavras.blogspot.com/

  16. Arielle Lima disse:

    Olá!
    Pela resenha achei o livro maravilhoso. E a capa também me atraiu bastante.

    Bjuuu
    http://orocardovento.blogspot.com.br/

  17. jessyca disse:

    Meuu Deuss!!! Parece que esse livro é realmente bom! Antes de compra qualquer livro, venho primeiro aqui no blog e procuro a resenha, pois é certo que eu vá amar. kkkk

  18. A cada resenha que vejo sua Juh, mais minha lista de livros a ler aumenta… Socorro guria, como vou viver??? rsrs Não conhecia esse titulo, mas fiquei muito interessada a ler… Já falei em outras resenhas que é a melhor resenhista que acompanho?
    Espero poder ler o livro em breve e sentir toda a intensidade que a tua resenha me passou!

  19. nivea Maria disse:

    É amiga tem livros que realizam magia com a gente principalmente se estamos abertos a isso. Agora eu é que me encantei pelo livro só pela sua bela resenha. Beijinhos, nivea.

  20. PRISCILA DO AMARAL disse:

    Ja me interessei pelo livro só pelo título, mas depois de sua resenha, agora quero ler muito mesmo… bjks e parabéns :)

  21. Maria disse:

    Mais um livro acrescentado á minha listinha! Adorei a resenha, parece ser um livro excelente e bem reflexivo, a capa também é linda. Enfim, este livro tem tudo pra ser um dos meus preferidos. Estou muito ansiosa para lê-lo!
    Beijos :)

  22. Gabriela disse:

    Muiito ansiosa para ler este livro!!

  23. Joi disse:

    Não conhecia o livro mas me interessei bastante! Quando tiver a oportunidade que ler =D

  24. Thayani Fontes disse:

    Esse é o tipo de livro em que a história não parece tão boa quanto as frases que saem dele. É um livro que eu colocaria na lista de ‘vou ler’ sem nem ter lido a resenha inteira, só pela frase belíssima que você destacou.. A história é interessante, os personagens são interessantes.. Como faço Direito, o fato de existir um escritório de advocacia já me ganhou. As cartas me fazem lembrar a minha época de orkut, onde conheci uma menina de Santa Catarina pelo orkut e trocávamos carta constantemente.. hoje ainda nos falamos, mas a correria do dia a dia não permite mais escrever longos textos e esperar dias a fio pela chegada de um envelope. Enfim, esse blog está fazendo 4 anos e há pelo menos dois eu estou falindo sem nem conseguir ler todos os livros que saíram daqui pra minha listinha de ‘vou ler/comprar’.. o mais difícil é que na minha cidade poucos compartilham essa paixão por leitura, então é impossível pegar emprestado, ainda mais livros nem tão conhecidos ou lançamentos..

  25. Beatrice Apostolico disse:

    Parece ser uma historia maravilhosa e que é daqueles que de algum modo me dara uma licao pro resto da vida . Com certeza é outro que entrou na minha lista de leitura

  26. Acho que matei o mistério do livro. Mesmo assim acredito que se um dia o ver em uma livraria me lembrarei da sua resenha e principalmente da frase: “História é aquela certeza fabricada no instante em que as imperfeições da memória se encontram com as falhas de documentação”.
    Que frase profunda e perfeita, e se ela refletir um pouco do que a história é, tenho certeza que valerá a pena ler esse livro. Até hoje nunca li um livro onde o protagonista tenha mais de quarenta anos, e esse me parece o melhor para dar chance aos idosos de se mostrar interessante como um adolescente ou um jovem adulto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *