Lista: 5 livros que não li, mas sei que vou amar

Coluna nova no blog! Vou tentar fazer várias listinhas dessas com livros parados na estante e sobre os quais nunca falei antes.
A primeira foi fácil: 5 livros que ainda não li, mas que tenho CERTEZA que vou amar quando o fizer. Aperta o play! ;)

Resenha em vídeo: Confesse


Confesse
de Colleen Hoover,
editora Galera Record.

Sinopse: Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado.

Outros livros citados:

Resenha em vídeo: Até Que A Culpa Nos Separe


Até Que A Culpa Nos Separe
de Liane Moriarty,
editora Intrínseca.

Sinopse: Amigas de infância, Erika e Clementine não poderiam ser mais diferentes. Erika é obsessivo-compulsiva. Ela e o marido são contadores e não têm filhos. Já a completamente desorganizada Clementine é violoncelista, casada e mãe de duas adoráveis meninas. Certo dia, as duas famílias são inesperadamente convidadas para um churrasco de domingo na casa dos vizinhos de Erika, que são ricos e extravagantes.

Durante o que deveria ser uma tarde comum, com bebidas, comidas e uma animada conversa, um acontecimento assustador vai afetar profundamente a vida de todos, forçando-os a examinar de perto suas escolhas – não daquele dia, mas da vida inteira.

Outros livros citados:

Resenha em vídeo: O Filho Eterno

O Filho Eterno
O Filho Eterno
de Cristovão Tezza,
editora Record.

Sinopse: Num livro corajoso, Cristovão Tezza expõe as dificuldades, inúmeras, e as saborosas pequenas vitórias de criar um filho com síndrome de Down. O autor aproveita as questões que apareceram pelo caminho nestes 26 anos de Felipe para reordenar sua própria vida: a experimentação da vida em comunidade quando adolescente, a vida como ilegal na Alemanha para ganhar dinheiro, as dificuldades de escritor com trinta e poucos anos e alguns livros na gaveta, e a pretensa estabilidade com o cargo de professor em universidade pública.

Com precisão literária para encadear de maneira clara referências de anos e situações tão díspares, Cristovão Tezza reforça, com a publicação de O filho eterno, seu lugar entre os maiores escritores brasileiros.

Leituras do mês! [Junho/2017]

Banner Leituras do Mês peq

Mês de poucas, mas boas leituras! O importante é não parar de ler. ;)

Leia mais…

Na Minha Caixa de Correio #151

Banner Caixa de Correio peq

Outro mês com muita coisa bacana na minha caixinha – nada a reclamar! \o/

Chegou – com link para os posts!

  • O Tempo, de Clarice Lispector, Rocco
  • Até Que a Culpa nos Separe, de Liane Moriarty, Intrínseca
  • Box Clarice na Cabeceira, de Clarice Lispector, Rocco
  • Coleção 20 anos de Harry Potter and the Philosopher’s Stone
  • Os Segredos de Ali, de Sara Shepard, Rocco
  • Confesse, de Colleen Hoover, Galera Record
  • À Primeira Vista, de David Levithan e Nina LaCour, Galera Record

Outros livros citados!

Se você quer enviar uma cartinha, use o endereço do blog! ;)
Livros & Bolinhos
Caixa Postal: 34007
CEP: 22460-970
Rio de Janeiro – RJ

Resenha em vídeo: A Pequena Livraria dos Corações Solitários

Pequena Livraria
A Pequena Livraria dos Corações Solitários
de Annie Darling,
editora Verus.

Sinopse: Era uma vez uma pequena livraria em Londres, onde PosyMorland passou a vida perdida entre as páginas de seus romances favoritos. Assim, quando Lavinia, a excêntrica dona da Bookends, morre e deixa a loja para Posy, ela se vê obrigada a colocar os livros de lado e encarar o mundo real. Porque Posy não herdou apenas um negócio quase falido, mas também a atenção indesejada do neto de Lavinia, Sebastian, conhecido como o homem mais grosseiro de Londres.

Posy tem um plano astucioso e seis meses para transformar a Bookends na livraria dos seus sonhos — isso se Sebastian deixá-la em paz para trabalhar. Enquanto Posy e os amigos lutam para salvar sua amada livraria, ela se envolve em uma batalha com Sebastian, com quem começou a ter fantasias um tanto ardentes… Resta saber se, como as heroínas de seus romances favoritos, Posy vai conseguir o seu “felizes para sempre”.

Resenha em vídeo: O Casal Que Mora ao Lado

O Casal Que Mora ao Lado
O Casal Que Mora ao Lado
de Shari Lapena,
editora Record.

Sinopse: É o aniversário de Graham, e sua esposa, Cynthia, convida os vizinhos, Anne e Marco Conti, para um jantar. Marco acha que isso será bom para a esposa; afinal, ela quase nunca sai de casa desde o nascimento de Cora e da depressão pós-parto. Porém, Cynthia pediu que não levassem a filha. Ela simplesmente não suporta crianças chorando.

Marco garante que a bebê vai ficar bem dormindo em seu berço. Afinal, eles moram na casa ao lado. Podem levar a babá eletrônica e se revezar para dar uma olhada na filha. Tudo vai dar certo. Porém, ao voltarem para a casa, a porta da frente está aberta; Cora desapareceu. Logo o rapto da filha faz Anne e Marco se envolverem em uma teia de mentiras, que traz à tona segredos aterradores.

Outros posts citados:

Bookshelf Tour especial Harry Potter!

Chegou lá em casa, na última semana, uns livros lindos de Harry Potter que eu havia encomendado há meses. Daí pensei: COMO mostrar isso e fazer justiça ao fato deles serem TÃO lindos? TCHARAM! Bookshelf tour especial, mostrando toda a minha coleção de livros e funkos de Harry Potter! Então corre pra assistir, porque tá uma lindeza. \o/

Resenha em vídeo: Tudo e Todas As Coisas

Tudoetodasascoisas
Tudo e Todas As Coisas
de Nicola Yoon,
editora Arqueiro.

Sinopse: “A doença que eu tenho é rara e famosa. Basicamente, sou alérgica ao mundo. Não saio de casa. Não saí uma vez sequer em 17 anos. As únicas pessoas que eu vejo são ­minha mãe e minha enfermeira, Carla.

Então, um dia, um caminhão de mudança para na frente ­da ­casa ao lado. Eu olho pela janela e o vejo. Ele é alto, magro e está todo de preto: blusa, calça jeans, tênis e um gorro que cobre o cabelo. Ele percebe que eu estou olhando e me encara. Seu nome é Olly.

Talvez não seja possível prever tudo, mas algumas coisas, sim. Por exemplo, vou me apaixonar por Olly. Isso é certo. E­ é quase certo que isso vai provocar uma catástrofe.”

Outros posts citados: