Resenha: Cira e o Velho


Cira e o Velho
de Walter Tierno,
Giz Editorial.

Cira e o Velho me ganhou pela capa. Logo de cara. A curiosidade foi tanta que tentei ganhar algumas promoções, mas a sorte não estava do meu lado. Não até o Walter Tierno, o autor do livro, me enviar um exemplar para resenha. Graças a isso pude perceber que meu grande erro foi ter me apaixonado pela capa… Deixei-a de lado para me apaixonar pela história.

Já no início somos apresentados ao narrador e seu fascínio pela figura e história de Cira. E tudo por causa de uma figurinha ganhada no bafo. Me permito uma pausa para dizer que sou uma apaixonada pelo Brasil a despeito de todos os problemas. Ter a oportunidade de mergulhar em uma história do nosso folclore de forma tão intensa e fascinante foi uma experiência incrível. Devorei o livro o mais rápido que pude.

Mas, voltando ao que interessa… Através da peregrinação de nosso narrador atrás de Cira vamos conhecendo personagens incríveis e histórias de cair o queixo. Cira é filha da bruxa Guaracy e de cobra Norato, um camarada nascido de uma índia. Ele e sua irmã gêmea, Maria Caninana, conseguiram escapar da morte que o marido de sua mãe impôs ao pegá-la amamentando duas cobrinhas.

Mas os irmãos seguem caminhos bem diferentes em suas vidas. Enquanto Norato se envolve e tem filhos com 14 amantes – das quais Guaracy é a favorita –, Maria Caninana desenvolve seu lado mais cruel [para não dizer cobra, hahaha] e faz um pacto com o Senhor das Mentiras para conseguir se vingar do assassino de sua mãe. Em troca? 28 almas – 14 de seus filhos e 14 dos filhos de Norato… E Cira seria uma delas.

O peculiar é que, antes mesmo de descobrirmos tudo isso, conhecemos o vilão da história, o paulista Domingos Jorge Velho. Escrúpulos? Zero. Ganância? Muita. Essa combinação nunca é boa – seja para os “mocinhos” ou para o próprio vilão.

E é justamente aí que mora o perigo. A prepotência de Velho é o estopim de seus futuros problemas e o “start” da verdadeira história. Graças à ela podemos conhecer melhor Guaracy – que vai até as últimas consequências para salvar a filha – e a própria Cira que, humilhada, violentada e morta só pensa em vingança. [Você não leu errado, ela morre… Mas quem disse que a Morte quer a alma dela?]

Tenho muito medo de continuar falando e dar muitos spoilers da história – apesar de que, no caso de Cira e o Velho, toda a graça está em como as coisas acontecem. Acho que deu pra deixar claro que o Paulista é o escolhido para matar Cira. Mas não sei se consegui deixar claro como Cira é tinhosa e difícil.

Nossa heroína (muitas vezes às avessas) é extremamente passional, impulsiva, cruel e, ao mesmo tempo, doce, paciente e muito querida. O problema é que seu desejo de vingança é mais forte que qualquer coisa e Cira faz de tudo para conseguir o que quer. Isso inclui matar pessoas, chorar a morte de crianças inocentes, viajar meses e meses com a jovem amante de seu pai e até se envolver na guerra de Palmares. Essa mesma, a do Zumbi.

Acompanhar as aventuras – e desventuras, por que não? – de Cira e Nhá pelas entranhas do país foi extremamente prazeroso. Não posso deixar de destacar as participações dos animais-reis (destaque maior ainda para Tatu e Gavião), dos ex-escravos quilombolas e do crânio de Norato que acompanha a filha em sua peregrinação.

Peço desculpas por não ser capaz de expressar de forma melhor o encanto que o livro causou em mim, mas vocês já sabem que sempre que gosto demais de algo fico assim. :P

Antes de me despedir preciso dizer uma coisa: que final! Sério, fiquei completamente chocada. Adorei, adorei! ;x

E juro que esse vai ser o último breve comentário: as ilustrações que fizeram eu me apaixonar pela capa seguem por todo o livro. Cada desenho do autor traz mais graça ainda ao livro. Muito talentoso. :)

Cira e o Velho é um livro para quem ama a cultura brasileira, para quem adora folclore, para quem curte muito literatura nacional, mas especialmente para aqueles que viram a cara para tudo isso. Se dê a oportunidade. Garanto que vai se surpreender e se encantar com Cira, dona Nhá, Norato, Guaracy, o Velho e toda uma infinidade de personagens bem construídos e cheios de aventuras, mistérios e dualidades.

OBS¹: Deixo registrado meu agradecimento especial ao autor. Walter, espero ter feito justiça a sua história fantástica. Realmente adorei e me senti honrada em lê-la. Muito obrigada. :)

OBS²: Quero agradecer também a fofa Alba, do Psychobooks, que leu a resenha antes de eu publicar. Muito obrigada, querida! Aproveito para deixar o link da resenha que ela fez do livro – minha favorita, aliás. Leia aqui.

  1. Beli disse:

    Esse livro começou a fazer reboliço!
    Quero ler também! É uma história bem curiosa…
    Adorei a resenha! A resenha da Alba tb está maravilhosa! Me deixou c vontade de ler…

  2. Alba disse:

    Eu tive o prazer de ler a resenha da Ju antes de ir ao ar!

    Ela está superfiel ao clima do livro e passa todas as impressões que devem ser anotadas e conferidas durante a leitura!!

    Eu também me encantei pela capa, fiquei extasiada quando descobri que era sobre Folclore brasileiro e me encantei com cada parágrafo da leitura!! "Cira e o Velho" é super-recomendado mesmo!

    Beijos Ju!! Resenha linda e loira!! hahhaahha S2

  3. Yule disse:

    Ai eu estou louca para ler, já comprei o meu, mas ainda não chegou então vamos esperar a boa vontade dos correios.
    Bjks

  4. Bloqueira disse:

    Adorei a resenha ;*
    eu quero tanto ler esse livro.
    beijos&beijos

  5. SJ disse:

    Resenha muito bem feita Juh, de verdade! =D
    Você conseguiu expressar sim… haha…
    Cira e o Velho é mtoo bom mesmo \õ/ Meus personagens preferidos são a Dona Nhá e a Guaracy..
    O final também me surpreendeu por completo..shuahsuahsa =P
    Mal posso esperar pra ler o próximo livro do Walter com a Cira =D

    Bjãao Juh! ;D

    Salatiel Júnior,
    @srbojunior,
    http://memybookshelfandi.blogspot.com/

  6. Alessandra Messa disse:

    Ahhh…eu amo folclore!! Preciso ler esse livro! Principalmente pq fiquei curiosa para ver as ilustrações, amo ilustrações!!! E ja que a capa é linda… fico imaginando o resto. A resenha ta incrivel Juh. Parabéns!

    http://futilmasinteligente.blogspot.com

  7. Talita Oliveira disse:

    Este livro ta ficando famoso, e eu ja to com vontade de le-lo..

    Ta na minha lista!!

    Beijo Juh!

  8. Juh** disse:

    Juh,eu não imaginava que o livro fosse tão bom!! Essa resenha esta mesmo super inspirada!! Adorei
    Agora quero ler o livro rs…
    beijocas

  9. Luisa Ortega disse:

    Ahhh eu quero tanto esse livro ;~~
    Eu amei a resenha, esse livro é perfeitooo *_*
    Eu sou de lua mesmo, algumas resenhas eu não leio, outras eu gosto de ler só pra despertar a vontade de ler =x
    IUAHSHUSAHSIU
    Adorei Juuuhhh *_*
    Beijos,
    Lu
    ~* Blog da Luh ~*
    http://morriganfairy.blogspot.com/

  10. waltertierno disse:

    Estou muito feliz que você tenha gostado do livro. Muito boa a parte em que diz que ele é recomendado para quem gosta de folclore e História e, principalmente, para quem não gosta. E que bacanas os comentários da galera, mostrando interesse em conhecê-lo.
    Muito obrigado, mesmo!

    Só uma observação para a Yule: Seu livro foi postado na quinta, dia 18.

  11. Amanda disse:

    Cara, adorei! Um livro sobre o nosso folclore *-* Que máximo!
    Quero muito ler…
    Já vou pedir de Natal shuahsuahsuha

  12. Mariana disse:

    Poxa, sou a única do Psychobooks que ainda não leu esse livro :S

    Ele está na minha lista de livros para ler *_*

    Bjs
    Mari
    Psychobooks

  13. Mariana Ribeiro disse:

    Também quero ler!! Agora que tive a oportunidade de conhecer mais sobre o livro fiquei SUPER curiosa!!
    Adorei a resenha, e sem dúvida uma ótima dica para que todos possam conhecer um pouco mais sobre o nosso folclore e a nossa cultura.
    Bjos.

    Mariana
    Confissões de uma Escritora Amadora.

  14. L.G Borges disse:

    Simplesmente adorei a resenha. Você tinha vontade de ler o livro, agora deixou-me com uma vontade insana de lê-lo.
    Mas, parabéns pela resenha magnífica que fizestes!
    Vou ter que comprar o livro, por que se depender de promoções não ganharei mesmo kkkká

    Abraços.

  15. Poiison Giirl disse:

    Juh, pelamordedeus! Poderia parar uma vez na vida de aumentar minha lista de desejados?? Não, é melhor não, pois eu confio demais em seu gosto para poder pedir para parar de fazer o que você faz de melhor. Se tem uma coisa que eu adimiro é a literatura brasileira. Ela pode ser bem deficiente, mas quando aparece algum talento de verdade você percebe de longe. Cira e o Velho é um desses. E é um daqueles que acho que vou me matar se não consegui-lo. Sua resenha me deixou mais pirada do que já estava querida! Eu quero muito ler esse livro. E é tão bom saber que escritores brasileiros como o Walter estão fazendo sucesso e conseguindo espaço para poder mostrar para as pessoas trabalhos como esses. Mais uma vez, parabéns pela resenha perfeeeeeita mesmo. Com as informações na medida certa!

    Beijos, Júlia da Mata
    Tijolinha, Books & Fanfics

  16. Thwin_BDB Fotos e Livros Twilight VA disse:

    Juh…adoro suas resenhas…e estou de olho neste livro…adoro nacionais…mas descobri que prefiro autoras…será que é preconceito?
    Parabéns pelo blog!

  17. Regiane Cristina S. disse:

    Caraca Juh, desde que você apresentou esse livro no seu video eu fiquei bem curiosa por saber que o enrendo envolve folclore brasileiro. E depois dessa sua resenha magnifica eu fiquei com mais vontade ainda de lê-lo.

    Parabéns Ju e parabéns pelo autor também!

    Beijinhos,

    Ler e Almejar

  18. Luisa Ortega disse:

    Quero de Presente de Niver Juh \o/
    Anota ae 14/12
    USAHASIUHSAUSAHSAHUASIU

    Bjs
    Lu
    ~*Blog da Luh~*
    http://morriganfairy.blogspot.com/

  19. viajenaleitura.com.br disse:

    Juh!!!!!!!!!!
    O livro é super bem comentado, a história promete! Quero ler em breve!

    Beijosssss

    Boas leituras!
    Thaís :-D

  20. Regiane Cristina S. disse:

    Nossa que tosco, esscrevi enrendo hahaha. Corrigindo *enredo

  21. Mariana Paixão disse:

    Juh, AMEI a sua resenha!
    Quero MUITO ler esse livro e essa sua resenha me instigou demais *___________*
    Tudo tão empolgante!

    Amei!
    Beijão!

  22. iluj disse:

    o livro já entrou pra minha lista, q só aumenta..rsrsrsrs… o autor é super simpatico, já assisti a uma twitcam c ele ..parabéns pela resenha

  23. DeFatto! disse:

    Confesso que nunca tinha ouvido falar desse livro…
    mas sua resenha me deixou com muita vontade de ler. assim que eu adiantar minha fila, vou procurar esse. parecem bem diferente

    beijos
    Mel
    Defatto! & Três Lápis

  24. Larissa Medeiros disse:

    Adorei sua resenha, muito boa mesmo. O livro parece ser super interessante, com uma heroína diferente.

    beijos ;)

  25. EricaMarts disse:

    Nossa, você me contagiou com sua animação e me fez ter mais vontade ainda de ler o livro.
    Sempre gostei de histórias do nosso folclore.
    Tem tudo pra eu gostar desse livro.

    Bye

  26. thayza disse:

    sou absolutamente FASCINADA, não consigo usar outra palavra, por Guimarães Rosa…ele é o autor das minhas maiores e mais incriveis experiencias de leitura, responsavel pela minha paixão pelas palavras, por histórias fantásticas. Minha menção ao Guimarães se dá por ter sido impossivel não lembra-lo ao ler a resenha de Cira e o Velho…e o mais curioso é que em alguns livros do Guimarães, como Sagarana, há o uso de xilogravuras incriveis e o Walter Tierno é um grande desenhista.

    Não preciso dizer que fiquei tocada de curiosidade p/ conehcer o estilo deste autor.

  27. Laryssa disse:

    AAh, doida por esse livro! é casa resenha que fazem dele… e tem cada desenho tao perfeito… *o*

  28. Letícia Santos disse:

    Não gosto de folclore, acho que por isso o livro não me interessou da forma que eu esperava. Nem ia entrar na listinha, mas vou colocar, quem sabe eu não mudo de idéia?
    Beijos :*

  29. Aline Leal disse:

    Nha! Eu to louca pra ler esse livro. Conversei com o Walter Tierno no sorteio do Psychobooks pelo twitter, ele é muito gente boa e o livro tem a maior cara de que vale a pena!

  30. Guilherme Queiroz disse:

    Tbm acho a capa bem bacana! Mas o X da questão é: Será que vou gostar de ler algo sobre folclore? o.0 UAHUSHUASHUASHUH

    Mas quem sabe eu não dê uma chance?! XD

    Adorei a resenha!

    Bjs,Guilherme
    Devorando Letras ^^

  31. Brunna kessillyn disse:

    CAPA E MEIA ESTRANHA,CONFORME O DESENHO NOME SUPER AO ENCONTRÁRIO VOU DIZER QUE FOI UMA OTIMA RESENHA SOBRE O LIVRO!

  32. Bee disse:

    Tenho que dizer que fiquei um pouco curiosa. E nunca vi, a capa do livro é linda. Um fator raro nos livros nacionais que são pouco investidos no Brasil. Uma pena né?

  33. Taty Books disse:

    Estou lendo e ate agora adorando!

    Adorei a resneha!

  34. Clarisse Cunha disse:

    Juh!! Fiquei fascinada pela sua resenha. Você escreve com paixão! Parabéns!
    A Literatura Nacional ultimamente vem me deixando encantada. Antes eu só queria saber de livros e autores americanos; mas um dia abri meus olhos para o que existe aqui no Brasil. NO raíz, nossa cultura, pois é disso que o nosso país precisa. Hoje fico muito feliz de ter acompanhado alguns autores na realização dos seus sonhos, e vejo outros que já estão na estrada há algum tempo serem reconhecidos, como o autor Eduardo Sphor de A BATALHA DO APOCALIPSE.

    Cira e Velho eu nunca tinha ouvido falar. Conheci no seu IMM, e a resenha me pareceu ser um livro espetacular, e me fez lembrar de Heaticliff de Morro dos Ventos Uivantes com sua sede de vingança (que eu adorei por sinal!). Boa sorte para o autor Walter Tierno, e que outros lançementos venham por aí.

    Então é isso! Eu sempre falo demais.

    XOXO, da Lisse

  35. Megazone disse:

    Depois de uma twitcam que o autor fez, mostrando algumas figuras do livro eu fiquei encantada, muitas pessoas já me intimaram a ler, espero conseguir em breve.
    Este ano minha aula de literatura, foi voltada a literatura nacional, e os livros que mais gostei foram os que falavam do folclore brasileiro, que por sinal é muito rico, então tenho certeza que gostarei de "Cira e o Velho"

  36. Lucia Marina disse:

    Domingos Jorge Velho? Se não houvessem outros motivos, leria só por esse. Um bandeirante com "sangue nos olhos". Parece que o nome foi só inspirado, mas me interessei muitíssimo.

  37. BRECHOZINHO DA MEL disse:

    Pela resenha dá pra ver que é um ótimo livro, estou curiosa pra poder ler.
    bjuss

  38. Lis disse:

    Adorei a resenha, muito bem feita
    O livro parece ótimo

  39. Jeni T. disse:

    Wow!
    Com essa capa, me deu até vontade de abandonar tudo e ir ler esse livro.
    Depois da resenha, tô contando o dinheiro pra ir na livraria!
    Vou a falência assim :/

  40. KaahCullen_ disse:

    adoorei a capa
    quero mt ler
    tds falam super beem =D

  41. Izabella disse:

    Nossa,achei essa capa um tanto esquisita! rs
    Mas… o mais importante foi a resenha, adorei! Mesmo não sendo o meu tipo de história preferida! ^^ Vale a pena conferir!

    BeijoS

  42. e.eve disse:

    Uau adorei, e é brasileiro.. show *-* Também gostei muito da personalidade da Cira, na minha mente as pessoas que são ou aparentam ser boazinhas sempre tem uma coisa maligna escondida, assim como os malvados tem algo mt delicado dentro de si e penso que ela se encaixa nisso.. sei lá talvez.. Vou ler pra descobrir

  43. Vanessa M. disse:

    Adooooro livro assim! Nem preciso dizer que a capa é LINDA *¬*

  44. waltertierno disse:

    Galera, eu fico muito agradecido que tantas pessoas tenham se interessado pelo livro. E mais agradecido ainda à Juh, que falou tão bem do meu trabalho.
    Passei aqui para avisar que, neste domingo, dia 28, a partir das 18h, farei uma twitcam. Sigam meu perfil pelo twitter: @waltertierno e curtam me vendo pagar o mico… Juh, faço questão da sua presença… nem que seja por uns minutos. Beijos.

  45. Gabriela disse:

    Essa capa me deu muito medo, bjs.

  46. Re S Ramos disse:

    Ao contrário de você, a capa não me chamou a atenção, mas sim o título, por isso li a resenha e pude descobrir que nem a capa nem o título traduzem o quanto este livro parece ser diferente. Quero ler!

  47. Leo disse:

    Não costumo ler muitos livros desse tipo, que enfatizem a cultura brasileira, apesar de reconhecer que ela é muito rica. O fato é que ultimamente poucos autores brasileiros tem me decepcionado.

    Leo XOXO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *