Book Tour Jardim Secreto

Depois de MUITO tempo – muito MESMO! -, graças ao presente da Editora Sextante, me juntei com a Natália, do Perdidas na Biblioteca, e com a Nica, do Drafts da Nica, para organizar um book tour!

E esse é super diferente e divertido, porque não envolve leitura, mas muiiiita coisa linda para colorir! *o*

Jardim Secreto
Leia mais…

Resenha Internacional: White Cat


White Cat – Curse Workers #1
Holly Black,
editora McElderry Books.

Cassel Sharpe acorda uma bela noite no telhado de sua escola sem ter a mínima ideia de como foi parar lá. Por conta deste evento sua vida vira de pernas pro ar e nada nunca mais será igual. MESMO.

Vindo de uma família de “curse workers” [pessoas com habilidades variadas que vão desde alterar memórias e mudar sentimentos até mesmo matar alguém COM UM ÚNICO TOQUE!], Cassel é o único sem talento da família. E como se isso não bastasse, o jovem ainda assassinou sua melhor amiga no início da adolescência!

Lila não era apenas sua melhor amiga, mas a filha do chefe de uma das mais importantes famílias mafiosas da cidade – Zacharov. E Cassel sente sua falta todos os dias, mesmo quando está entretido com suas pequenas trapaças – a princípio seu único talento de verdade.

Leia mais…

Book Tour: Uma Manhã Gloriosa

Para quem leu a resenha do livro e ficou cheio de vontade de conhecer a história de Becky Fuller o Livros & Bolinhos abre agora as inscrições para o book tour de Uma Manhã Gloriosa!

Serão 12 vagas disponíveis para blogueiros e blogueiras de todo o Brasil. Logo, para participar, você precisa ter um blog.

Leia mais…

Resenha Internacional: Twenty Boy Summer

Twenty Boy Summer
Twenty Boy Summer
de Sarah Ockler,
editora Little, Brown Books.

De uma coisa eu tenho certeza: sou incapaz de fazer uma resenha à altura desse livro. E só vou me arriscar a escrever porque é livro de book tour – se não fosse por isso guardaria pra mim tudo o que senti.

Anna, Frankie e Matt são melhores amigos inseparáveis desde sempre. Vizinha do casal de irmãos, Anna guarda em segredo seu amor por Matt e convive relativamente bem com isso… Pelo menos até seu aniversário de quinze anos, quando tudo muda.

Em um mês todos os sonhos que tinha se tornam realidade. Matt e Anna encontram-se às escondidas e aproveitam o máximo possível o tempo que têm, mas uma coisa ainda incomoda a jovem: Frankie não sabe. É a primeira vez que Anna esconde um segredo da amiga – tirando o fato de ser apaixonada por Matt – e ela não está nada confortável com isso… Mas Matt promete resolver tudo contando para a irmã durante a viagem de verão que vão fazer na próxima semana.

Leia mais…

Book Tour: E se fosse verdade…


E se fosse verdade…
de Marc Levy,
editora Bertrand Brasil.

Editora Bertrand Brasil

Tudo começou por causa de uma prova da gincana de natal do Muito Pouco Crítica. Pois é, o prazo estava quase acabando e eu não tinha escrito uma linha. Tudo o que eu tinha que fazer era recomendar um livro. Pensei, pensei, pensei e consegui, enfim, escolher o livro. A indicação não ficou como eu queria, achei piegas e escrita às pressas, mas como não vou ter oportunidade de reler o livro agora para resenhar decentemente, deixo para vocês minha recomendação:

Você já se apaixonou? Não digo gostar de alguém, mas se apaixonar de verdade, a ponto de… sei lá, roubar uma âmbulância e sequestrar um corpo do hospital? Já se apaixonou a ponto de convencer seu melhor amigo que vale a pena fazer tudo isso por um… um… um espírito? Arthur já. E fez eu me apaixonar junto com ele. E pensar que tudo começou com um espírito no armário do banheiro! Arthur jamais poderia prever que sua vida mudaria daquele jeito. E que se apaixonaria daquele jeito. Lauren está presa, em coma, na cama de um hospital e a única pessoa que consegue vê-la, ouví-la e ajudá-la é o novo inquilino de seu antigo apartamento… Mas Arthur pode mais do que isso. Arthur pode sentí-la. Enquanto acompanhei Arthur movendo céus e terras para salvar sua amada – com a ajuda do espírito da própria Lauren – pude me perguntar até que ponto eu iria por amor. Acompanhando o desenrolar da história desses dois – duas almas, dois corpos e um espírito – pude avaliar o que eu mesma pensava sobre o quão longe podemos ir por alguém que realmente amamos. Arthur não podia mais viver sem Lauren, Lauren não conseguiria – literalmente, levando em conta que estava no hospital – viver sem Arthur. E consegui concluir que eu não seria a mesma pessoa depois de ler a história de Marc Levy. “O que eu vou contar não é fácil de entender, é impossível de aceitar, mas se quiser ouvir a minha história, se quiser confiar em mim, então, talvez, acabe acreditando, e isso é muito importante porque, você não sabe, mas é a única pessoa no mundo com quem eu posso compartilhar esse segredo…” Arthur, Lauren e Marc Levy mudaram a minha vida. E mudaram suas próprias vidas. Depois deles pensar em amor nunca mais foi a mesma coisa. E nunca será. Só quem ler vai entender o que eles passaram, o que me fizeram sentir. É impossível não se apaixonar depois disso. Se não por alguém, por eles. Ah, claro… o livro é E se fosse verdade, de Marc Levy.

Book Tour: E Se Fosse Verdade

Leia mais…