Resenha: Cadê Você Bernadette?

Cadê Você Bernadette
Cadê Você Bernadette?
de Maria Semple,
editora Companhia das Letras.

Companhia das Letras

Bernadette Fox é quarentona e mãe da inteligente e adorável Balakrishna Bee. Sua vida, apesar de seu jeito excêntrico, é relativamente tranquila – mesmo que tenha que ser vivida na odiosa Seattle.

As coisas ficam um pouco mais agitadas quando Bee aparece com um boletim perfeito e clama o prêmio prometido: uma viagem em família para a Antártida!

Apesar de disfarçar bem, Bernadette entra em pânico só de pensar que seria obrigada a passar dias e dias fechada em um navio, tendo que socializar com pessoas estranhas, sem a mínima chance de escapar. E aí, de repente, ela some. Puf! Desaparece.

Leia mais…

Resenha: Serena


Serena
de Ian McEwan,
Companhia das Letras.

Companhia das Letras

Serena é uma jovem inglesa apaixonada por literatura, formada (de maneira medíocre) em matemática, e com uma história fantástica – que temos o prazer de conhecer através de suas próprias palavras.

Durante sua juventude, colecionou algumas poucas aventuras amorosas e, entre elas, estava Tony. Com muita inteligência, cultura e um encantador chalé escondidinho, ele conseguiu conquistá-la a ponto de mudar sua vida para sempre.

Isso porque, em plena década de 1970, Tony a preparava para entrar no MI5, o Serviço Secreto Britânico, que tentava lidar com as questões da Guerra Fria e, principalmente, os problemas relacionados ao IRA (o exército republicano irlandês).

Leia mais…

Resenha: Por Isso A Gente Acabou


Por Isso A Gente Acabou
de Daniel Handler,
editora Companhia das Letras.

Companhia das Letras

Quem nunca na vida teve o coração partido? Se ainda não teve, pode ficar tranquilo: vai acontecer. É comum, não tem idade e pode ser quando você menos esperar, mas acontece com todos.

Isso pode soar meio pessimista, mas acredito que é a mais pura verdade. Em algum momento algum relacionamento vai dar errado e alguém vai sofrer. E o livro de Daniel Handler fala mais ou menos sobre isso: o fim de uma relação.

Min Green é uma garota apaixonada por filmes antigos e bem longe de ser popular. Seu grupo de amigos é bastante peculiar, mas estão juntos há muito tempo, o que só torna a amizade mais íntima e intensa. E é justamente no aniversário de 16 anos de seu melhor amigo, Al, que sua vida adolescente começa a mudar.

Leia mais…

Resenha: O Amor Nos Tempos do Blog


O Amor Nos Tempos do Blog
de Vinicius Campos,
editora Companhia das Letras.

Companhia das Letras

Ariza – pseudônimo do protagonista desta história – tem 13 anos e decide começar um novo blog (o “Ariza em Silêncio”) porque está encantadíssimo com uma menina que acabou de conhecer… Quer dizer, “conhecer”.

Tudo começou quando ele foi devolver um livro na biblioteca – Amor nos tempos do cólera – e a viu ali, quietinha, entretida na leitura de um livro qualquer. Desde aquele momento sua rotina passou a incluir visitas frequentes ao lugar, na esperança de sempre encontrar sua bela menina.

Para colocar para fora o que sente, Ariza utiliza seu blog despretensiosamente, como um espaço de desabafo só seu. Mas isso só até começar a receber comentários de Cinderela Virtual, uma boa e desconhecida conselheira que tenta ajudá-lo como pode.

Leia mais…

Resenha: A Maldição da Pedra


A Maldição da Pedra
de Cornelia Funke e Lionel Wigram,
editora Companhia das Letras.

Companhia das Letras

 

 

 

 

Depois do desaparecimento misterioso de seu pai, Jacob Reckless passou a vagar escondido pelo escritório proibido de John Reckless, na tentativa de encontrar alguma pista que lhe explicasse o que aconteceu. Mas, na verdade, ele acaba encontrando um espelho mágico que o transporta para um mundo onde os contos de fada são reais!

O menino passa a gastar cada vez mais tempo “dentro” do espelho, deixando sua mãe e seu irmão mais novo no mundo real. Porém, em uma destas escapadas – muitos anos depois -, Will Reckless segue o irmão mais velho para dentro do espelho e acaba amaldiçoado: sua pele vai virar pedra e ele se transformará em um goyl. E o único que pode salvá-lo é Jacob, mesmo que todos ao seu redor digam ao contrário.

Leia mais…

Resenha: Os Homens Que Não Amavam As Mulheres


Os homens que não amavam as mulheres – Millennium #1
de Stieg Larsson,
editora Companhia das Letras.

Companhia das Letras

 

 

 

 

Mikael Blomkvist é um jornalista investigativo que acaba de ser condenado por difamação e, por isso, decide deixar a redação da revista Millennium.

Henrik Vanger é um empresário idoso assombrado há 40 anos pelo suposto assassino de sua sobrinha desaparecida.

Lisbeth Salander é uma investigadora informal que presta serviços para uma empresa de segurança e se destaca pela aparência incomum, comportamento antissocial e genialidade.

A vida destas três pessoas se encontra de uma forma inesperada, dando origem a uma das mais eletrizantes narrativas que já tive o prazer de ler. Recheado de personagens incríveis, com uma história intrigante e intrincada de pano de fundo e muita ação, o primeiro livro da trilogia Millennium me ganhou logo de cara.

Leia mais…

Resenha: Capitães da Areia


Capitães da Areia
de Jorge Amado,
editora Companhia das Letras.

Companhia das Letras

 

 

 

 

Falar de um livro como Capitães da Areia é muito difícil não só pelo peso de falar de uma obra de Jorge Amado, mas principalmente por ser uma história tão atual – mesmo tendo sido publicado em 1937.

O livro conta a história dos Capitães, centenas de meninos de rua que moram em um trapiche escondido em uma praia de Salvador. Sob a liderança de Pedro Bala, furtam, armam, fazem pequenos serviços e se viram como podem para sobreviver.

Logo no início tomamos conhecimento da situação que vive a cidade (em relação aos meninos de rua) através de cartas enviadas a um jornal. As tensões em torno das atividades dos Capitães é evidente, assim como a falta de soluções.

Leia mais…

Resenha: Reparação


Reparação
de Ian McEwan,
editora Companhia das Letras.

Companhia das Letras

 

 

 

 

Passei um dia inteiro me perguntando como começaria essa resenha. Se é difícil falar de livros que não gostei, mais difícil ainda é falar daqueles que amei com cada partezinha do meu coração. Por fim decidi apenas contar para vocês um pouco da história e compartilhar minha admiração. Espero que tenha feito a opção certa. :)

Briony Tallis tinha 13 anos quando sua vida mudou completamente. A casa dos Tallis estava fervilhando de gente naquele verão. Além dela e da irmã mais velha [Cecilia], sua mãe, os empregados, Robbie, seus primos gêmeos de 10 anos e a irmã deles de 15 [Lola], seu irmão Leon e um amigo ainda estavam sendo aguardados.

E, para recepcionar seu amado Leon, Briony escreveu uma peça que interpretaria com seus três primos. Em sua cabeça tudo estava perfeito, mas –  como viria a perceber sem demora – a realidade era bem diferente. Em algum ponto tudo começou a desandar. Talvez tenha sido pela falta de talento dos gêmeos, ou ainda o fato de Lola ser a estrela, mas a única coisa certa agora era que estava tudo arruinado.

Leia mais…

Resenha: A Trégua


A Trégua
de Primo Levi,
editora Companhia das Letras.

Companhia das Letras

A trégua é mais um dentre tantos relatos de sobreviventes da II Guerra Mundial e de ex-prisioneiros do campo de concentração de Auschwitz. Primo Levi relata sua experiência pessoal de intermináveis viagens da Polônia à União Soviética enquanto tenta retornar para sua querida Itália, há muito deixada para trás.

Ao longo de 216 páginas acompanhamos a peregrinação com todos os seus problemas, pequenas alegrias e incertezas. Mais que a barreira religiosa ou cultural, a língua torna-se ponto de partida para episódios, no mínimo, inusitados. Como quando, depois de horas andando na planície infinita, Levi e seus companheiros decidem conseguir uma galinha em uma aldeia próxima, tendo que recorrer a mímicas e desenhos para conseguirem se fazer entender.

Leia mais…

Falando de… Moacyr Scliar

Neste domingo, dia 27/02, o Brasil perdeu um de seus grandes escritores. Moacyr Scliar morreu em decorrência de uma falência múltipla dos órgãos. O Livros & Bolinhos deixa registrada essa singela homenagem… Com vocês a entrevista que foi ao ar originalmente em 1º de outubro de 2010.

O “Falando de…” desta semana vai ser um pouquinho diferente. Não vou comentar o livro que inspirou a entrevista porque ainda não o li, mas gostei TANTO de fazer essa entrevista que quis compartilhar com vocês.

Espero poder ler o livro em breve e comentar. “Eu vos abraço, milhões” foi lançado pela Companhia das Letras.

Leia mais…