Falando de… Um leitor voraz que não lê

SIM! ESTOU DE VOLTA OFICIALMENTE! \o/
Nesse vídeo quis dividir um pouquinho com vocês sobre as dores e delícias de ser um leitor voraz e do sofrimento de ficar longe dos livros. Quero ouvir a opinião de vocês sobre o problema e saber se já passaram por essa situação. Olha: é muito ruim. Mas a gente se recupera! ;)

AH! Sei que o vídeo ficou torto, mas foi um probleminha no tripé. Sorry! Tanto tempo longe dá nisso! :x

Em cima do muro #1: Essa Garota – Slammed #3

OK, vamos lá, coluna nova no blog!

Acho que vocês já conhecem a “Fingi que não li” e a “Li, curti, mas não resenhei“, e as duas servem bem ao propósito inicial. Quer dizer, mais ou menos.

Com o passar do tempo fui percebendo que alguns livros me deixavam tão dividida que acaba tendo que escolher uma coluna para eles que nem sempre refletia a realidade. Pensando nisso, enfim trouxe um espaço para falar dos livros que me deixam indecisa – a “Em cima do muro“.

Essa garota
Sinopse: O último volume da série Slammed continua e revisita a história de Will e Layken, cujo amor venceu os mais árduos obstáculos: proibições, impedimentos, ciúme, tragédia. Mas, depois de tudo isso, os dois, agora casados, começam a se sentir seguros do incrível sentimento que os une. Quando em sua lua de mel, Lake quer saber tudo sobre o marido, Will, reticente, desembaraça os nós da própria história. Revisitamos os bons e maus momentos. E aprendemos alguns fatos chocantes… O futuro de Will e Lake agora depende de como os dois lidarão com essas revelações…

Leia mais…

Fingi que não li #7

Sangue na Neve

Sinopse: Olav tem apenas um talento: matar pessoas a sangue-frio. Não há nada que ele preze mais que ter o poder sobre a vida e a morte. Porém, sua natureza sensível é proporcional às suas habilidades como matador de aluguel. Uma vez tentou roubar bancos, mas não deu certo – ele se sentiu tão culpado que foi visitar uma das vítimas no hospital. Agenciar mulheres para prostituição, idem – Olav se apaixona muito fácil. O assassinato foi tudo que lhe restou.

Ele leva uma vida solitária em Oslo até se ver envolvido em um trabalho importante para um dos mais perigosos chefes do crime organizado na cidade, Daniel Hoffman. Ao aceitá-lo, Olav finalmente conhece a mulher da sua vida, mas logo se depara com dois problemas. O primeiro é que ela é a esposa do chefe. E o segundo é que ele foi contratado para matá-la.
Leia mais…

Li, gostei, mas não resenhei #9

Mais uma vez me aproveito dessa coluna para falar para vocês sobre um livro de uma série que AMO, mas que – por ter muitos volumes – me impede de fazer uma resenha compreensível spoiler-free. Podem ler sem medo (o livro e meus comentários, hehehe). ;)

Letais PLL 14

Sinopse: Em Letais, o FBI chega às mansões da idílica Rosewood, onde as aparências, realmente, enganam. Ao pedirem ajuda à instituição para desmascarar A. e acabar de uma vez por todas com suas ameaças, Spencer, Hanna, Emily e Aria acabam vendo seus segredos mais escabrosos virem à tona. E tudo indica que chegou a hora de pagar por cada um dos erros cometidos nos últimos anos.

À medida que a verdade é revelada, as belas mentirosas veem suas vidas virarem de cabeça para baixo: Spencer é expulsa de Princeton; Hanna é afastada da campanha eleitoral e do coração do pai; Emily é levada a tomar uma atitude radical; e Aria corre o risco de ser exilada do país.

Em meio a revelações explosivas, a trama leva as garotas, uma a uma, ao fundo do poço. Mas isso parece não ser suficiente para A. Não basta perder tudo e ver suas vidas desmoronarem depois de tantas reviravoltas. A. tem um plano letal. E se ele der certo, Spencer, Hanna, Emily e Aria terão contado sua última mentira.
Leia mais…

Fingi que não li #6

Mais um daqueles livros que entram na galeria do “é até legal, mas não muito”. Diferente do primeiro, que conseguiu me deixar bastante interessada pela continuação, esse

O Retorno de Izabel

Sinopse: Determinada a levar o mesmo estilo de vida do assassino que a libertou do cativeiro, Sarai resolve sair sozinha em missão, com o propósito de matar o sádico e corrupto empresário Arthur Hamburg. No entanto, sem habilidades nem treinamento, os acontecimentos passam muito longe de sair como o planejado.

Em perigo, Sarai nem acredita quando Victor Faust aparece para salvá-la — de novo. Apesar de irritado pelas atitudes inconsequentes dela, ele logo percebe que a garota não vai desistir de seus objetivos. Então não há outra opção para ele a não ser treiná-la.

Com tamanha proximidade, para eles é impossível resistir à atração explosiva. Nem Victor nem Sarai podem disfarçar o que sentem, ou negar o desejo que os une. No entanto, depois de tantos anos de sofrimento e tantas cicatrizes emocionais, será que eles conseguirão lidar com um sentimento como amor?

Só que Sarai — novamente na pele de Izabel Seyfried — ainda terá que passar por um último teste; um teste para provar se conseguirá viver ao lado de Victor, mas que, ao mesmo tempo, poderá fazê-la questionar os próprios sentimentos e tudo que sabe sobre esse homem.

Leia mais…

Li, gostei, mas não resenhei #8

Confesso que não sabia o que esperar e só arrisquei a leitura por conta do título, atraente para qualquer leitor. Em tamanho pocket, a obra de Jean-Paul Didierlaurent foi uma grata surpresa… Conto mais logo abaixo! =)

O Leitor 6h27

Sinopse: Operário discreto de uma usina que destrói encalhe de livros, Guylain Vignolles é um solteiro na casa dos trinta anos que leva uma vida monótona e solitária. Todos os dias, esse amante das palavras salva algumas páginas dos dentes de metal da ameaçadora máquina que opera.

A cada trajeto até o trabalho, ele lê no trem das 6h27 os trechos que escaparam do triturador na véspera. Um dia, Guylain encontra textos de um misterioso desconhecido que vão fazê-lo buscar cores diferentes para seu mundo e escrever uma nova história para sua vida. Com delicadeza e comicidade, Didierlaurent revela um universo singular, pleno de amor e poesia, em que os personagens mais banais são seres extraordinários e a literatura remedia a monotonia cotidiana.
Leia mais…

Li, gostei, mas não resenhei #7

Quem acompanha o blog sabe que eu sou super-hiper-ultra-mega-viciada nos livros da série Pretty Little Liars. Sempre largo tudo o que estou lendo para correr e devorar um novo livro da série. E hoje vou falar mais um pouquinho sobre o 13º – uhul, só faltam mais 3! ;)

Arrasadoras

Sinopse: A primavera chegou à sofisticada Rosewood, mas nem tudo são flores para Aria Montgomery, Hanna Marin, Spencer Hastings e Emily Fields. Em Arrasadoras, décimo terceiro volume da série Pretty Little Liars, bestseller de Sara Shepard que virou série de TV, as adolescentes estão decididas a descobrir a identidade de A e lutar contra a pessoa misteriosa que as persegue. O problema é que A, além de parecer antecipar os movimentos das jovens, pode estar mais perto do que elas imaginam. Será dessa vez que as mentiras acumuladas em torno do quarteto e de sua ex-amiga Ali serão reveladas?
Leia mais…

O que vem pela frente…

Oi pessoal, aqui é a Juh Oliveto, do Livros & Bolinhos” – já perdi as contas de quantas vezes repeti essa frase nos últimos 5 anos. Sei que foram mais de 150 e, no fundo, de uma maneira irreal, meio que achei que seriam infinitas.

Aos 21 anos a vida era animada, mas seguia um fluxo faculdade/estágio/whatever que me permitia ter dedicação máxima ao meu blog. Vocês passaram comigo por dezenas de momentos importantes: conclusão de faculdade, luto, emprego novo, mudança de apartamento, troca de estantes, coração partido, recomeços, mudanças no trabalho etc e tal. Basicamente, com vocês, fui virando adulta. E com isso, aos 26 anos, a vida mudou – e MUITO.

Hoje, por mais que me faça sofrer, não tenho o mesmo tempo para dedicar ao blog que tinha há três anos. Minha vida não é a mesma, minha rotina é inexistente e um dia é sempre diferente do outro… MAS, por outro lado, não consigo largar isso aqui de jeito nenhum. Acreditem, eu tentei, mas parece impossível cortar o laço com meu amado L&B.

Além da minha vida pessoal, um fenômeno que atingiu a internet em cheio e abalou minhas estruturas (e as do blog) foram as migrações para o YouTube. De repente era como se nós, blogueiros, não fôssemos mais lidos. E, nossa, como isso me faz sofrer… Sou feita de palavras! Gosto de escrevê-las, amo passar tudo para o “papel”, mas a sensação de gastar horas em algo que seria ignorado começou a me desanimar.

Bem, acho que vocês já conseguiram entender mais ou menos a ideia que estou tentando passar aqui. De qualquer forma, para evitar dúvidas, acho melhor deixar claro-com-todas-as-letras: o blog NÃO vai acabar, mas vai passar por mudanças.

Nem todas essas mudanças me deixam feliz, mas sei que serão necessárias. O texto não sumirá do blog, mas as resenhas devem começar a aparecer bem mais em vídeo (repito: também teremos por escrito!). Mari, Bee e Malu (e Yasmin sempre que quiser) também continuarão com seu espaço cativo aqui!

Algumas colunas e tags (Li, gostei, mas não resenhei/Li até a página 100/Fingi que não li) também continuarão aparecendo por escrito, mas, além disso, pretendo investir em textos meus discutindo assuntos que combinem com o tema do blog. Não, o blog não perde seu foco em livros – JAMAIS -, mas as formas de abordagem sofrerão alterações.

Não quero me esticar mais, mas espero que tenham tirado uns minutinhos para ler esse texto e mostrar que ainda se importam – que ainda estão do outro lado. Da minha parte, do lado de cá, prometo fazer o melhor possível para dar um super gás no blog nessa nova fase. Estamos juntos, certo? ;)

Li, gostei, mas não resenhei #6

Esse é um daqueles livros que veio parar nessa coluna por um simples motivo: acho que não sou capaz de fazer uma resenha bem explicadinha do que achei. Gostei bastante da história e já estou contando com a leitura de outros livros não-terror do autor. ;)

Joyland

Sinopse: Carolina do Norte, 1973. O universitário Devin Jones começa um trabalho temporário no parque Joyland, esperando esquecer a namorada que partiu seu coração. Mas é outra garota que acaba mudando seu mundo para sempre: a vítima de um serial killer.

Linda Grey foi morta no parque há anos, e diz a lenda que seu espírito ainda assombra o trem fantasma. Não demora para que Devin embarque em sua própria investigação, tentando juntar as pontas soltas do caso. O assassino ainda está à solta, mas o espírito de Linda precisa ser libertado — e para isso Dev conta com a ajuda de Mike, um menino com um dom especial e uma doença séria.

O destino de uma criança e a realidade sombria da vida vêm à tona neste eletrizante mistério sobre amar e perder, sobre crescer e envelhecer — e sobre aqueles que sequer tiveram a chance de passar por essas experiências porque a morte lhes chegou cedo demais.
Leia mais…

Fingi que não li #5

Mais uma vez sou obrigada a trazer um livro que achei legal, mas não tanto quanto eu imaginava. Então, por favor, tenham em mente que não foi um livro que detestei, mas que não chegou perto de me agradar quanto outros títulos do próprio autor.

Inferno

Sinopse: No meio da noite, o renomado simbologista Robert Langdon acorda de um pesadelo, num hospital. Desorientado e com um ferimento à bala na cabeça, ele não tem a menor ideia de como foi parar ali. Ao olhar pela janela e reconhecer a silhueta do Palazzo Vecchio, em Florença, Langdon tem um choque. Ele nem se lembra de ter deixado os Estados Unidos. Na verdade, não tem nenhuma recordação das últimas 36 horas.

Quando um novo atentado contra a sua vida acontece dentro do hospital, Langdon se vê obrigado a fugir e, para isso, conta apenas com a ajuda da jovem médica Sienna Brooks. De posse de um macabro objeto que Sienna encontrou no paletó de Langdon, os dois têm que seguir uma série inquietante de códigos criada por uma mente brilhante, obcecada tanto pelo fim do mundo quanto por uma das maiores obras-primas literárias de todos os tempos: A Divina Comédia, de Dante Alighieri.

Dan Brown nos leva por uma viagem pela cultura, pela arte e pela literatura italianas – passando por lugares como a Galleria degli Uffizi, o Duomo de Florença e a Basílica de São Marcos. Inferno é um convite a pensarmos no papel da ciência para o futuro da humanidade.
Leia mais…