Resenha em vídeo: Vida e Morte (aka Crepúsculo ao contrário)

Vida e Morte
Vida e Morte – Crepúsculo Reimaginado
de Stephenie Meyer,
editora Intrínseca.

Sinopse: Novamente, os leitores vão se apaixonar pela arrebatadora história de amor de Bella e Edward… ou, quem sabe, será uma primeira vez. A edição especial de aniversário inclui um conteúdo extra e exclusivo: Vida e morte, nova versão em que a autora inverte o gênero dos principais personagens.

Em Vida e morte os leitores vão se maravilhar com a experiência de ler a icônica saga de amor agora pelos olhos de um adolescente que se apaixona por uma sedutora vampira. Numa publicação ao estilo “vira-vira”, a edição comemorativa traz mais de 400 páginas de conteúdo extra, além da nova capa, com Crepúsculo de um lado e Vida e morte de outro. Os milhares de fãs de Bella e Edward não vão querer perder a oportunidade de ver seus tão queridos personagens em novos papéis.

Leia mais…

Fingi que não li #7

Sangue na Neve
Leia mais…

Li, gostei, mas não resenhei #9

Mais uma vez me aproveito dessa coluna para falar para vocês sobre um livro de uma série que AMO, mas que – por ter muitos volumes – me impede de fazer uma resenha compreensível spoiler-free. Podem ler sem medo (o livro e meus comentários, hehehe). ;)

Letais PLL 14

Leia mais…

Fingi que não li #6

Mais um daqueles livros que entram na galeria do “é até legal, mas não muito”. Diferente do primeiro, que conseguiu me deixar bastante interessada pela continuação, esse

O Retorno de Izabel
Leia mais…

Resenha em vídeo: O Leitor do Trem das 6h27

O Leitor 6h27
O Leitor do Trem das 6h27
de Jean-Paul Didierlaurent,
editora Intrínseca.

Sinopse: Operário discreto de uma usina que destrói encalhe de livros, Guylain Vignolles é um solteiro na casa dos trinta anos que leva uma vida monótona e solitária. Todos os dias, esse amante das palavras salva algumas páginas dos dentes de metal da ameaçadora máquina que opera.

A cada trajeto até o trabalho, ele lê no trem das 6h27 os trechos que escaparam do triturador na véspera. Um dia, Guylain encontra textos de um misterioso desconhecido que vão fazê-lo buscar cores diferentes para seu mundo e escrever uma nova história para sua vida. Com delicadeza e comicidade, Didierlaurent revela um universo singular, pleno de amor e poesia, em que os personagens mais banais são seres extraordinários e a literatura remedia a monotonia cotidiana.

OBS: Sei que falei do livro na coluna Li, gostei, mas não resenhei, mas esqueci totalmente e só lembrei depois do vídeo gravado, HAHAHA. :P

Leia mais…

Li, gostei, mas não resenhei #8

Confesso que não sabia o que esperar e só arrisquei a leitura por conta do título, atraente para qualquer leitor. Em tamanho pocket, a obra de Jean-Paul Didierlaurent foi uma grata surpresa… Conto mais logo abaixo! =)

O Leitor 6h27
Leia mais…

Resenha em vídeo: O Vilarejo

O Vilarejo
O Vilarejo
de Raphael Montes,
Suma de Letras.

Sinopse: Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome.

As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de maneira complexa, de modo que ao término da leitura as narrativas convergem para uma única e surpreendente conclusão.

Leia mais…

Resenha: À Procura de Audrey

À Procura de Audrey
À Procura de Audrey
de Sophie Kinsella,
editora Galera Record.

Preciso confessar que estava com muito medo dessa leitura. Honestamente. Apesar de toda minha paixão pelos livros dela, por um momento tive medo que a qualidade de sua personagem adolescente deixasse a desejar…

…mas é CLARO que estava enganada. OBVIAMENTE. Sophie Kinsella só mostra, mais uma vez, como sua qualidade de escrita não se perde nem um pouco, mesmo quando se aventura em universos novos.

Audrey tem 14 anos, mas sua adolescência não é nada comum. Quer dizer, até é se pensarmos que todos os adolescentes têm problemas, mas o que ela enfrenta vai um pouco além do comum para a idade – e suas consequências idem.

Depois de sofrer buylling no colégio, ela fica totalmente reclusa em casa, abandona os estudos, se recusa a encontrar pessoas que não sejam sua família e passa a usar um óculos escuros o tempo todo como uma forma de se proteger do mundo. Na verdade, a única coisa que a obriga a sair de casa são as consultas com Dra. Sarah, sua terapeuta.

Leia mais…

Li, gostei, mas não resenhei #7

Quem acompanha o blog sabe que eu sou super-hiper-ultra-mega-viciada nos livros da série Pretty Little Liars. Sempre largo tudo o que estou lendo para correr e devorar um novo livro da série. E hoje vou falar mais um pouquinho sobre o 13º – uhul, só faltam mais 3! ;)

Arrasadoras

Leia mais…

Resenha: Ligações

Ligações
Ligações
de Rainbow Rowell,
editora Novo Século.

Já tive o prazer de resenhar aqui no blog todos os 4 livros da autora lançados no Brasil, além de um conto natalino. ACHO que consegui deixar claro, pelas minhas resenhas, o quando curto o trabalho dela e como alguns se seus livros viraram meus queridinhos.

Se você duvida, corre pra conferir o que falei a respeito de Eleanor & Park (meu preferido) e Anexos (que divide lugar com E&P no meu coração). Os dois realmente me conquistaram e estão na lista daqueles livros que adoro fazer propaganda.

Fangirl não é tão bom quanto os outros, mas rolou uma identificação e acho que não deixa em nada a desejar em relação aos outros. Enfim, basicamente, adoro essa mulher e leria até sua lista de compras.

Esclarecido isso, hoje vou falar sobre Ligações que, assim como Anexos, tem uma protagonista adulta. E muito humor. E romance. E momentos de partir o coração, etc. ;)

Leia mais…